Recuperações

Os estudos de recuperação desenvolvem-se da seguinte forma:

Recuperação Contínua: Acontece diariamente no desenrolar do processo pedagógico, na própria sala de aula, por meio da retomada dos conteúdos não assimilados pelos alunos e por meio da realização de atividades complementares.

Recuperação Paralela: Após a retomada dos conteúdos e por meio de estudos paralelos, o aluno será reavaliado nos conteúdos trabalhados. É obrigatória a participação do aluno nas atividades de recuperação paralela.

O desempenho do aluno é reavaliado após estudos de recuperação, sendo-lhe atribuída a nota média esperada se considerado recuperado.

A recuperação paralela acontece por meio de atividades complementares e monitorias oferecidas ao aluno para que resgatem os conceitos trabalhados e não assimilados. A retomada de tais conceitos acontece em sala, coletiva e/ou individualmente, conforme a necessidade do aluno ou da sala.

Para os alunos do 1º ao 4º ano, a recuperação acontece sempre que verificada a necessidade e após as avaliações formais.

Para os alunos do 5º ano, a recuperação acontece após a 1ª avaliação parcial assim como após a 2ª parciais.

Para os alunos do 6º ao 9º, a recuperação acontece após a 2ª e 4ª avaliações parciais.

A recuperação final acontece após o encerramento do terceiro trimestre para os alunos que não obtiveram a média 6,0 em até três componentes curriculares e obedece a um calendário e horário específicos dentro do período previsto no calendário escolar.

Os alunos em recuperação final recebem roteiros e orientações de estudo, participam das aulas oferecidas e são avaliados por meio de prova escrita.

Após análise do desenvolvimento do aluno e resultados obtidos, pelo Conselho de Classe, é atribuída a nota 6,0 ao aluno considerado recuperado.